PL-TV: Katia Sastre

defende mulher na política em cruzada
contra feminicídio


Brasília - Em entrevista ao PL-TV, a deputada federal Policial Katia Sastre (PL-SP), defendeu mais espaços para atuação das mulheres na política, durante o Encontro Nacional do PL Mulher, no final de semana de 8 de março, na cidade do Rio de Janeiro.

A parlamentar liberal, que sustenta a bandeira da Segurança Pública no Congresso Nacional, confirma sua tese de combate à criminalidade e diminuir a violência no Brasil ao ressaltar a importância da atuação feminina na política. Para Sastre, em um cenário de ascensão do feminicídio e de agressões contra as mulheres, elas precisam trabalhar pela união no combate a essas ameaças.

Ela destacou as estratégias e os trabalhos que vem sendo realizados pelo movimento de mulheres liberais, na busca do fortalecimento da presença feminina na política do País. “As mulheres têm que estar preparadas, têm que se ajudar. Elas têm que estar unidas para combater isso (a violência)”, argumentou ao acrescentar que a sensibilidade feminina é um importante instrumento social nas causas da família, violência doméstica, crianças e adolescentes. “A gente realmente precisa de mais mulheres na política. É esse o nosso trabalho. Foi esse o nosso final de semana enriquecedor demais”, pontuou Sastre.

Katia Sastre reconhece que os avanços e lutas das mulheres já são grandes, entretanto, define como urgente o avanço na direção das pautas femininas, para garantir a presença de mais mulheres nos espaços de poder.

Para a parlamentar paulista, a apresentação do projeto “Mulher que faz”, traduz o espírito vanguardista das liberais brasileiras.

“Ano passado a gente fez muitas palestras relacionadas a isso e com essa motivação toda. Eu mesma tive muita procura de mulheres fortes, mulheres que realmente querem trabalhar, que querem fazer a diferença”, disse.

Kátia ficou conhecida nacionalmente após reagir a um assalto na porta da escola da filha em Suzano-SP. Na ocasião, ocorria a comemoração do dia das mães. Quando o bandido armado anunciou o assalto, a então policial militar atirou no assaltante, que não resistiu e morreu.

“Eu costumo dizer que a gente tem que entender, como eu entendi quando eu fui eleita que a gente deve ampliar esse leque. Essas mulheres já fazem, elas já ajudam a população, mas em um limite. Elas têm que entender que tem um país inteiro para ajudar”, concluiu a liberal.

 

 



Veja Todas as Notícias do PL Mulher

 

 

© - 2019 - plmulher.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
Veja nosso Facebook
Veja nossos Vídeos no Youtube
veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram BAIXE O VÍDEO EM WMV BAIXE O VÍDEO EM MOV
VEJA O VÍDEO NO YOUYUBE BAIXE O VÍDEO EM MP4 BAIXE O VÍDEO EM MOV BAIXE O VÍDEO EM FLV