PL-TV: Flávia Arruda

comemora volta de programa social para
mães de recém-nascidos no DF


 

Brasília - O programa Mãezinha Brasiliense, idealizado em 2008 pela deputada federal Flávia Arruda (PL-DF), está de volta no Distrito Federal. No último domingo, 10, o governo do DF anunciou a retomada do projeto, agora com o nome Bolsa Maternidade, que continua voltado para as famílias em situação de vulnerabilidade social, com renda igual ou inferior a meio salário-mínimo. A intenção é oferecer suporte para os primeiros dias de vida do bebê.

“Fico feliz que esteja de volta. Um enxoval para a criança, a ajuda no aleitamento materno e um atendimento especial para as mães nos hospitais faz toda a diferença”, comemora a deputada liberal.

Para ter direito à bolsa, a mãe deve comprovar moradia no DF há pelo menos seis meses. Também têm direito pessoas em situação de rua incluídas na Política de Assistência Social.

A bolsa, entregue na própria maternidade, é composta por body fechado, cobertores, cueiro, culote, macacão longo, macacão curto, meia, toalha, casaco com capuz, fralda descartável, lenço umedecido e pomada anti-assadura. Além disso, mães de gêmeos, trigêmeos ou mais o benefício é concedido na mesma quantidade dos recém-nascidos.

Programa Criança Feliz Brasiliense

Ainda de acordo com o GDF, as mães que participam do programa Criança Feliz Brasiliense também têm direito ao Bolsa Maternidade. Neste caso, o cadastro delas já está aprovado previamente e não precisa passar pelas análises documentais necessárias.

Caso a mãe não solicite o benefício até o nascimento do bebê, ela pode fazer o pedido até 30 dias após o parto. Neste caso, é preciso ir a um Centro de Referência da Assistência Social (Cras), a um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) ou a Centros Pop.

Benefício em dinheiro

O programa Bolsa Maternidade se caracteriza, dentro dos benefícios socioassistenciais, como Auxílio Natalidade. E, além da possibilidade de ser solicitado como bens de consumo, é possível optar pela modalidade pecúnia. Neste caso, em parcela única de R$ 200 por criança nascida ou em situação de natimorto.



 



Veja Todas as Notícias do PL Mulher

 

 

© - 2019 - plmulher.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
Veja nosso Facebook
Veja nossos Vídeos no Youtube
veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram BAIXE O VÍDEO EM WMV BAIXE O VÍDEO EM MOV
VEJA O VÍDEO NO YOUYUBE BAIXE O VÍDEO EM MP4 BAIXE O VÍDEO EM MOV BAIXE O VÍDEO EM FLV